Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Modelo de pesquisa de fatores de risco cardiovasculares em população voluntária da cidade de São Paulo em evento Dia do Coração

YAMAGUCHI, O. Y., COVIELLO, C. C., SILVA, A. C., MACHADO, G. N., SANTOS, R. R., CARDOSO, L. G., QUEIROZ, R. A., ALVES, R. J., SALLES, J. E. N., ROSA, R. F.
SANTA CASA DE SÃO PAULO - São Paulo - SP - BRASIL

Introdução

Segundo a OMS, em 2016 ocorreram 17,9 milhões de mortes em decorrência de doenças cardiovasculares (DCV) em todo mundo, responsável por 31% das mortes. Em 2000, a World Heart Federation escolheu o dia 29 de setembro para celebrar o Dia do Coração. Frente ao impacto que as DCV representam, expõe-se a necessidade de políticas de detecção de fatores de risco cardiovascular (RCV), promoção de saúde, prevenção e pesquisa, necessitando-se maior engajamento dos profissionais e da sociedade sobre o assunto.

Método

O Departamento de Medicina de um hospital terciário de São Paulo, em comemoração ao Dia Mundial do Coração, realizou em 28 de Setembro de 2018 a “Campanha de Saúde Pública: Dia mundial do Coração” com o objetivo de identificar indivíduos com RCV, orienta-los com o intuito de prevenir eventos cardiovasculares, engajar acadêmicos da área da saúde em projetos que envolvam a prevenção da população e nortear futuras campanhas preventivas e pesquisas na área. O evento foi monitorado durante toda sua execução por profissionais da Medicina e Enfermagem, havendo capacitação prévia dos acadêmicos envolvidos, sendo realizado em estações.

Resultados

1. A população foi recebida por acadêmicos organizadores do evento, sendo orientados sobre os objetivos do evento, testes que seriam submetidos e assinatura de termo de consentimento Livre e Esclarecido. Em seguida, aplicou-se um questionário, com informações socioeconômicos, hábitos de vida, como tabagismo, atividade física e dieta, antecedentes pessoais e familiares e conhecimentos sobre infarto agudo do miocárdio.

2. Aferição de dados antropométricos, pressão arterial e realização de exame de bioimpedanciometria.

3.Teste rápido com dosagem de colesterol total e frações e hemoglobina glicada.

4. Avaliação dos dados obtidos nas etapas prévias, com identificação de fatores de RCV, discussão e elucidação de dúvidas sobre as DCV com os participantes, orientação sobre mudanças de estilo de vida que diminuiriam o RCV e melhorariam a qualidade de vida, com a entrega de folheto informativo com orientações (imagem em anexo) e resultado dos exames realizados.

5.Palestras com o intuito de orientação sobre a prevenção das DCV, controle de glicemia, importância da prática de atividade física, dieta e qualidade de vida.

6. Roda de conversa sobre dúvidas a respeito dos temas abordados.

Conclusão

A realização de campanhas de saúde, como a realizada no Dia do Coração, além de conscientizar a população dos RCV, contribui para a descoberta de DCV e, facilita o levantamento de maiores recursos preventivos.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

40º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

20 a 22 de junho de 2019
Transamerica Expo Center | São Paulo - Brasil