Tema Livre

TRABALHOS APROVADOS > RESUMO

Hipercalcemia Severa por Hiperparatireoidismo Primário como causa de QT curto e Morte Súbita.

Furlan, DAG, Calderaro, D, Pereira, HVC, Sacilotto, L , Ronilze Laura Arruda de Moraes, Feitosa, KN
INSTITUTO DO CORAÇÃO DO HCFMUSP - - SP - BRASIL

Introdução: Pacientes com Hiperparatireoidismo primário são caracterizados por aumento da concentração plasmática de cálcio, que pode causar mudanças eletrocardiográficas principalmente no segmento ST, como encurtamento do intervalo QT corrigido (iQTc), prolongamento do intervalo PR e de duração do complexo QRS. Sendo que, o aumento dos níveis séricos de cálcio parece ser inversamente proporcional ao iQTc.

Caso clínico: Homem, 49 anos, sem comorbidades, sem história familiar de morte súbita. Evolui com parada cardiorespiratória com ritmo chocável (descrito como Fibrilação ventricular em visualização de monitorização) durante internação para programação de paratireodectomia (cálcio iônico (Cai) de 2,47mmol/l e total de 17,6mg/dl, potássio sérico de 3,1mEq/L e paratormônio sérico de 621pg/ml). Eletrocardiograma após restauração da circulação espontânea com iQTc de 340ms . Ecocardiograma sem disfunção ventricular e medidas dentro dos valores da normalidade. Cateterismo cardíaco sem evidência de obstruções coronarianas. 

Resultados: Alguns dias após a paratireoidectomia, com normalização mantida do nível sérico de cálcio, houve normalização do iQTc para 378ms. Em seguimento ambulatorial após 6 meses não houve recorrência de arritmia, com iQTc 390ms e Cai 1,34mmol/l. Eletrocardiograma de derivações superiores sem alterações. Eletrocardiograma de esforço sem alteração, com boa capacidade funcional. Devido a causa reversível de arritmia, foi optado pela não implantação de Cardiodesfibrilador. 

Conclusões: Nos últimos anos houve um maior interesse no estudo de iQTc curto (menor que 350ms), devido a um aumento de arritmias malignas. O efeito da hipercalcemia é dependente de outros distúrbios eletrolíticos, em particular da associação da concentração sérica  de potássio. Assim, no hiperparatireoidismo, onde a hipercalcemia grave geralmente é acompanhada por hipocalemia, uma incidência muito alta de morte súbita é supostamente associado a Fibrilação ventricular.

Realização e Secretaria Executiva

SOCESP

Organização Científica

SD Eventos

Agência Web

Inteligência Web
SOCESP

40º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo

20 a 22 de junho de 2019
Transamerica Expo Center | São Paulo - Brasil